segunda-feira, janeiro 08, 2007

Dizes que vivo com base nas definições que faço de vontades do momento e que tenho para mim que a minha ideia é única, mas de que valeria a minha vida se não a sentisse em cada momento? Sinto-a em momentos bons e menos bons e vivo com tudo isso. O que seria eu, se não definisse tudo o que me rodeia com base naquilo que sinto e em tudo o que isso me traz?!...
Sim, assumo que gosto de viver a vida e cada momento que consigo degustar até descobrir cada ingrediente... Se por acaso é aquilo que vivo que define a minha visão e que me define a mim, gosto disso, de ser fruto de uma história que vou escrevendo e ter o sabor dos momentos em que mais vivi.
Se por acaso vieste espreitar, este post dedica-se a mim, nunca a ti ou a mais ninguém. Não é uma resposta é apenas a certeza que o meu lado é certo para mim e apenas para mim e é isso que me importa!

2 Comments:

Blogger Boa Noite said...

Nunca ninguém te há-de dizer o contrário...pelo menos estando certo no que diz...

Tudo à tua volta e até tu se definem pelo que sentes...

Assim me despeço...
...Boa Noite...

2:20 da manhã  
Blogger Dead Poet said...

A vida está nos sabores que ela nos dá, sejam bons maus, ou mesmo "assim assim". Continua a garantir que os sentes, é sinal que estás viva e é um certeza de que pelo menos sem querer não voltas a provar um fruto amargo.

10:04 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home